Você é Autor da sua História?

Hoje você está plantando aquilo que você quer colher no amanhã?


Ouvimos muito falar uma frase popular, mas que talvez não levamos tão a sério, até pronunciamos a mesma; mas será que realmente acreditamos nisso? Você colhe aquilo que você planta?

Somos realmente autor e ator das nossas histórias? Ou será que estamos permitindo que um outro alguém faça isso por nós, ou até então, queremos que o outro defina o nosso destino para não carregarmos a responsabilidade dessa ação?

Muitas vezes responsabilizar o outro por nossas ações e consequências, parece ser mais leve e tiramos de nós o peso da culpa. Mas isso é pura ilusão! Acreditarmos que somos vítimas daquilo que o externo oferece é fechar os olhos e não permitir crescer e amadurecer moralmente e intelectualmente. Isso nos impede de viver a verdadeira felicidade e caminhar com as próprias pernas, escrevendo no livro da vida sua história com a verdadeira autoria de quem deveria ser o autor, você! O destino é criado por suas ações e levar a sério a frase “você colhe aquilo que planta” é uma maneira madura de se viver, é a expansão de um nível de consciência que vai além de uma normal, a qual as pessoas são mecanizadas e extremamente influenciadas por um inconsciente coletivo.

Viver verdadeiramente, é utilizar do outro como o seu espelho interior, aproveitar aquilo que se vê no outro para se enxergar também. E com isso, aprender quem é seu verdadeiro eu, onde está o próprio sabotador, pois, muitas vezes, não é o outro que causa a sabotagem, são suas próprias ações. Conheça o teu inimigo, este é o teu próprio Eu inconsciente, plantando para você aquilo que não gostaria de colher. Sabe por que? Porque houve uma falha, uma desconexão com o seu próprio Eu, o qual agiu sem sua percepção pela distância que você tomou de si próprio. Então veio a colheita e você colheu frutos dos quais não gostaria, aí culpa o outro ou chama isso de destino, mas se olhar bem, saberá quem plantou realmente.

Isso não é motivo para se culpar, nem se entristecer, é uma oportunidade de se conhecer e entender o quanto você é responsável por suas escolhas e que delas virão consequências. Quando se compreende isso, você busca plantar do seu melhor, por mais que ali no terreno caia uma semente indesejada, você colherá com maior aceitação, saberá receber suas falhas e fará novamente, só que desta vez, diferente. Sempre haverá em nossas plantações frutos que não gostaríamos de colher, mas é seu fruto, é um fruto da experiência, do aprendizado e maturação. Contudo, o próximo dia está aí para novas oportunidades, para novos plantios e colheitas!

Quando você se torna autor da sua história, a satisfação de toda colheita é imensa. Todos os frutos serão bem-vindos e você terá a alegria de plantar o seu melhor e cada vez mais, seu terreno ficará mais fértil e receptivo a bons frutos; consequentemente boas colheitas. Assim, sendo o responsável, saberá que tudo o que colheu e colherá e por mérito.

Agora fica aqui a minha pergunta: você está plantando hoje aquilo que você gostaria de colher no amanhã?

E deixo aqui o recado de uma psicóloga; busque conhecer o seu magnifico universo interior e saberá as sementes que ele está preste a semear!

16 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo