O que é a Psicoterapia?

Apesar desta prática estar tomando um grande espaço na área da saúde e sendo essencial para muitos tratamentos e acompanhamentos, tornando ainda mais eficaz um trabalho em conjunto com outros profissionais, acredito que surjam muitas dúvidas e confusões quanto ao que realmente seja a psicoterapia.

 Primeiramente, para compreendermos, a psicoterapia é uma prática utilizada exclusivamente por psicólogos cadastrados e liberados pelo Conselho Regional de Psicologia (CRP), no qual há todo um código de ética em que o profissional deve seguir e colocar em prática, sendo um deles a preservação da integridade e da individualidade do indivíduo como também a garantia do sigilo profissional.


Como funciona essa prática?


   A psicoterapia são atendimentos voltado ao tratamento psicológico ou de autoconhecimento que podem abranger diversos objetivos e finalidades, dependendo do que se busca e dos diferentes casos com suas características especiais. São sessões recorrentes, combinada entre o profissional e o paciente, geralmente semanais, e que ocorrem em torno de 50 min. Não esquecendo que é necessário sempre presente um profissional de psicologia, este nunca pode ser substituído por outro alguém que não seja psicólogo, ainda sendo de extrema necessidade, em caso de troca de profissionais, o atendido estar totalmente ciente da situação e de acordo.

   O formato dos atendimentos, podem variar, sendo individual, em grupo ou em casal. No contexto de atendimento há o acolhimento e a escuta do paciente pelo psicólogo e a partir da queixa e/ou demanda, o profissional irá trilhar a melhor maneira de prosseguir o tratamento ou as sessões de análise, utilizando de técnicas, ferramentas exclusivas do profissional, frequências ou modelos de psicoterapia; isso também depende da abordagem e perfil do profissional. 

   Com a psicoterapia busca-se o conforto do sofrimento do paciente/cliente, aliviando suas emoções, dando significado as mesmas, trazendo-o a reflexão e a pensamentos mais organizados e claros. Com isso, é possível devolver a autonomia do indivíduo, o qual, muitas vezes, a perde por estar em momento de grande sofrimento ou por transtornos mentais. Possibilitando a esperança de uma retomada a sua vida, de ser dono dos seus atos, abrindo a compreensão da relação do indivíduo com o mundo, fortalecendo a auto-estima, motivação, construindo um autoconhecimento e gerando bem-estar.

   A psicoterapia é importante para a saúde mental e para a preservação do ser, mas é ainda mais importante que aquele que estiver passando por um psicólogo tenha a sua própria motivação e que haja um vínculo profissional. A má escolha de um profissional pode trazer problemas e não resolver aquilo que realmente está se buscando, gerando ainda um sofrimento maior. O paciente/cliente deve se sentir confortável, confiar no profissional e perceber se sua linha é de boa opção para a finalidade que se busca, tudo isso pode ser sentido durante as trocas ou até mesmo, para uma boa escolha, entender um pouco o perfil de atendimento do profissional e buscar referencias.

   Caso você conheça alguém que busca uma psicoterapia e que ainda não tomou a decisão por insegurança ou por não saber exatamente o que é, compartilhe esse texto. E para um atendimento com um profissional de verdade cadastrado no Conselho Regional de Psicologia entre em contato.



9 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo