A Psicoterapia é para Todos?

Uma pergunta persistente e que pode ser a dúvida de muitos, será que a psicoterapia é para todos?


Antes mesmo de responder essa questão, vamos compreender um pouco o que é a psicoterapia, não irei estender muito aqui neste assunto, já que o deixei mais detalhado no artigo anterior: “O que é a Psicoterapia”. Bom, esclarecendo rapidamente como é utilizada a psicoterapia e como ela pode ajudar o indivíduo, irei citar duas causas das quais frequentemente a psicoterapia é buscada; a primeira, muitas vezes, são pessoas que se encontram em profundo estado de sofrimento mental, podendo ser por motivos de doenças mentais, como depressão, pânico, ansiedade e outros; como também pela busca da resolução de um problema especifico, por exemplo, problemas de relações ou no trabalho; segunda causa, há a busca por um conhecimento mais profundo do ser individual, por autoestima e pela prevenção de doenças. Assim, a psicoterapia pode ser utilizada por duas fontes motivadoras, para tratamentos, o que inclui algo mais especifico e direcionado; e para um autoconhecimento, neste caso a pessoa busca a psicoterapia para algo mais abrangente e que não necessariamente há algum sofrimento maior.

Entendendo isso, podemos dizer que a psicoterapia é de extrema importância para tratamentos de sofrimentos psíquicos, porém, é necessário que haja motivação do próprio paciente. Pelo contrário, isso impossibilita um tratamento/atendimento de sucesso ou com grandes resultados, por isso, deve haver essa vontade e motivação da própria pessoa, a não ser em situações mais severas, no qual o paciente está impossibilitado de tomar suas próprias decisões e que necessitam de tratamento e acompanhamento psicológico.

Portanto, a psicoterapia não é obrigatoriamente para todos, mas sim, para aqueles que a procuram, independentemente para tratamento ou para autoconhecimento, sendo da própria vontade, podendo ser usufruída de grande benefício. Contudo, para aqueles que não se adaptam a uma psicoterapia direcionada a um autoconhecimento, há outras práticas terapêuticas que podem contribuir para essa busca, sendo de melhor encaixe e que o indivíduo se identifique, sentindo-se bem e confortável a esta.

Indico que sempre haja um movimento pelo indivíduo por um autoconhecimento, buscando um bem-estar e promovendo a saúde mental. Pois assim, como o corpo, é muito importante cuidar também da mente!

Em busca de uma psicoterapia, procure sempre um profissional por indicação ou aquele que você se sente seguro e a vontade quanto ao seu método, desde que esse esteja dentro das normas e das práticas da psicologia. É sempre importante buscar se informar sobre o profissional, o qual deve estar cadastrado e ativo no Conselho Regional de Psicologia (CRP).

Para se informar mais e realizar o seu AGENDAMENTO com um profissional seguro clique AQUI.

4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo